Encontre!

fevereiro 16, 2011

e eram só promessas. antigos pensamentos que tornaram a focar. eram só deslumbres. insanos. contidos. que se esparramavam por cada curva do corpo. cada fio de pelo. cada centímetro de pele. arrepiou. eram só sensações. só promessas. só toques. a pele como pergaminho. a língua como pena suja de nanquim.

2 comentários:

susana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
susana disse...

Ju, estou a precisar de falar contigo. Ainda tens o mesmo e-mail? Beijo