Encontre!

julho 26, 2010

Carmina Burana

No sábado [24] fui assistir ao encerramento do 30º FML. Carmina Burana. Eu não sou de chorar. mas chorei. música boa exerce esse poder sobre mim.
As primeiras lágrimas caíram quando o pessoal entrou. Muitos eram alunos, acho que eles deviam estar tão emocionados quanto eu. Mas fico observando o nervosismo deles. Uns meninos do violoncelo ficavam repassando as notas de um determinado tracho. em silêncio. só movimentando os dedos. precisos. preciosos. Os flautistas mvimentavam suavemente os dedos. os violinistas seguravam o instrumento com tanta delicadeza. O espetáculo para mim, começa muito antes da primeira nota. O maestro. ahhhhh o maestro. ele regia sorrindo e cantando. nada de cara fechada. achei lindo.
Adoro Carmina Burana... recarregou minhas energias.

Um comentário:

vivianeamaral disse...

eu sou assim com dança, Ju.
Arte é assim mesmo... Nos toma pela amoção, pela memória, pelo desejo.
bjk